fbpx
Empréstimo ou precatório

Vender seu precatório ou pegar dinheiro emprestado? Como tomar a melhor decisão?

Empréstimo ou precatório? Veja qual a melhor decisão para pagar as suas dívidas. Leia aqui a opinião de especialistas no assunto e saiba o que fazer.

Publicado em abril 17, 2020 Por Valor Precatório

Chegou o momento em que você precisa de dinheiro. Surgiu um imprevisto, suas despesas aumentaram, apareceu um novo projeto que requer investimento… Enfim, são inúmeras as possibilidades que levam uma pessoa ou empresa a precisar de dinheiro adicional. Nesse momento o brasileiro típico toma a seguinte atitude: recorre a empréstimos e se endivida.

De acordo com a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor encomendada pela Confederação Nacional do Comércio, duas de cada três famílias brasileiras estão endividadas (Março/2020).

Nas empresas a situação é semelhante, de acordo com o Serasa as empresas possuem uma dívida correspondente a mais da metade de seus ativos (bens e direitos). O que poucas pessoas sabem é que muitas famílias e empresas teriam uma alternativa muito melhor do que se endividar: vender um precatório.

De acordo com Caio Fasanella, CEO da Valor Precatório, empresas e pessoas que possuem precatório deveriam, na grande maioria dos casos, preferir vender seu precatório a endividar-se: “para quem precisa de dinheiro e possui um precatório, na grande maioria das vezes, faz mais sentido vender o precatório do que contrair uma dívida em forma de empréstimo”.

Entenda o cálculo

O cálculo feito por Fasanella toma como base as taxas de juros cobradas nos empréstimos junto a instituições financeiras, e o executivo trouxe números para sustentar essa afirmação: “Uma pessoa física quando pega empréstimo no banco paga em média 8% ao mês de juros, o que dá quase 150% ao ano. Ou seja, essa pessoa precisará pagar ao banco duas vezes e meia do que pegou emprestado, no prazo de apenas um ano. Caso opte por vender um precatório, essa pessoa não terá que pagar nada, mas sofrerá um desconto a ser aplicado pelo comprador sobre o valor do precatório. Pela nossa experiência esse desconto varia entre 15% e 35% ao ano. Ou seja, é muito menor do que os 150% ao ano cobrados em um empréstimo.”

O mesmo pensamento se aplica quando tratamos de empréstimos a empresas. De acordo com o executivo as taxas de juros cobradas pelos bancos giram em torno de 2,5% ao mês, o que equivale a 34% ao ano. Esses juros são maiores do que o desconto aplicado pela grande maioria dos compradores de precatórios, ou seja, vendendo o precatório a empresa tem um custo financeiro menor do que o custo de um empréstimo bancário.

Veja o gráfico


Há uma vantagem adicional em vender um precatório em vez de optar por um empréstimo: a opção do endividamento é mais arriscada e pode se transformar em um grande prejuízo caso a pessoa ou empresa não consiga honrar com o pagamento da dívida no momento combinado. Neste caso a dívida se torna uma bola de neve extremamente perigosa, podendo levar o devedor à falência devido à acumulação de juros sobre juros. O mesmo não acontece na venda de um precatório.

Resumidamente, pode-se observar, por números, que se a pessoa ou empresa precisar de dinheiro adicional e possuir precatório a receber, fica muito clara a vantagem de vender o precatório ante a enveredar pelo caminho de financiamento ou empréstimo. Quem tem essa clareza tende a tomar a melhor decisão e evitar o endividamento.

Ficou com alguma dúvida? Acompanhe nossas redes sociais (Instagram e Facebook) e entre em contato.

– – 

A Valor Precatório oferece o melhor preço na venda de precatórios, ajudando pessoas e empresas que querem antecipar o recebimento de seus recursos de forma rápida e segura.

5 respostas para “Vender seu precatório ou pegar dinheiro emprestado? Como tomar a melhor decisão?”

  1. Felipe disse:

    Excelente artigo, parabéns!

  2. Ana Lúcia de Souza Santos. disse:

    Preciso vender minha precatória com urgência. Comento que gostei do modo que li, de como vocês trabalham com precatória.

    • Equipe Balko disse:

      Boa tarde, sra Ana Lucia. Entramos em contato com a senhora por email, para ajuda-la a conseguir o melhor preço no seu precatório

  3. FRANCISCO MUNIZ DE OLIVEIRA CPF 69108609772 disse:

    QUERO VENDER MEU PRECATÓRIO, CONCORD0 COM SUA OPINIÃO, ENTRTANTO PRECISO DECIDIR ESSA SITUAÇÃO URGENTE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba uma oferta com o maior valor
do mercado para seu precatório
em até 24h

Preencha o formulário e nós entraremos em contato




ÓRGÃO DEVEDOR

Vender meu
precatorio